Imposto de Renda Pessoa Física 2013

Hoje, dia 25 de fevereiro de 2013, será disponibilizado o Programa da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2013 no site da Receita Federal.

Quem quiser já poderá “acertar” suas contas com o Leão ou concluir a organização da documentação. O prazo inicial de entrega é dia 01/03/2013 e  final,  dia 30/04/2013.

Sendo assim é importante conhecer as principais regras deste ano:

Quem deve declarar?ir2013

Todas as pessoas que em 2013:

– receberam durante  o ano mais de R$24.556,65  de rendimentos tributáveis (ex.: recebimento de salários, aposentadorias, aluguéis, honorários, ….) ;

– receberam durante o ano valor superior a  R$ 40.000,00 de rendimentos isentos (juros e recebimentos de processos de caderneta de poupança, rendimentos recebidos por pessoas com mais de 65 anos);  ;

– que possuem o valor total de bens declarados a partir de  R$300.000,00;

– que realizaram venda de bens com lucro ( apuração de ganhos de capital) ou realizaram operações em bolsa de valores;

– utilizou isenção de Imposto de Renda incidente sobre Ganho de Capital e aplicou o referido rendimento em imóvel residencial.

 

Principais descontos e abatimentos :

– dedução por dependente (cônjuge, filhos) no valor equivalente a R$1.974,72 por dependente. Ressalta-se que em caso de recebimento de rendimentos pelo dependente, o contribuinte deverá também informar em sua declaração, somando-se aos rendimentos por ele recebidos.

– despesas médicas ocorridas durante o ano de 2012 (com comprovação  por recibo ou nota fiscal ), excluindo a totalidade dos valores da base de cálculo. No entanto, todas as despesas lançadas deverão ter os comprovantes emitidos em nome do contribuinte ou de seu dependente informado na declaração. Destaca-se que não são todas as especialidades médicas que recebem este tratamento.

– Educação: podem ser deduzidas as despesas com instrução até o limite de R$3.091,35 por pessoa (declarante e dependentes informados em declaração). Cursos de idiomas, pré-vestibulares, entre outros não podem ser utilizados, por exemplo.

– Idade do contribuinte: aqueles que já possuem 65 anos, possuem o benefício de isenção de seus rendimentos. A isenção, no entanto, também possui valor limite. O valor excedente ao limite é normalmente tributado. A isenção será proporcional aos meses em que o contribuinte possua a idade de 65 anos.

– Empregada Doméstica: Pode também o contribuinte utilizar-se do abatimento do valor pago a título de INSS em benefício a  empregada doméstica com Carteira Profissional registrada. Há neste caso o limite de  R$985,96, valor anual.

As despesas acima referidas são as nomeadas “deduções legais” , mas há também a opção da Declaração Simplificada, a qual concede desconto simplificado (20% sobre os rendimentos),  o qual está limitado ao valor de  R$14.542,60.

NOVIDADE: exigência de utilização de Certificado Digital para a entrega da Declaração pela pessoa física que recebeu rendimentos isentos e não tributáveis em valor superior a R$10 milhões, ou realizou pagamentos de pessoas jurídicas  (que constituam dedução) ou pessoas físicas, no valor total de R$10 milhões.

Além disso, alertamos a importância da observância ao prazo de entrega para evitar a aplicação de penalidades.

DICA: Não deixe para efetuar a entrega de sua declaração na última semana, pois normalmente ocorre congestionamento no sistema receptor das Declarações, podendo dificultar ou impedir a entrega no prazo.

Ficou com alguma dúvida? Nós podemos auxiliá-lo, elaborando sua declaração e prestando o suporte necessário!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s