Vai viajar? Quer levar seu bichinho de estimação com você?

Nossos bichinhos de estimação já fazem parte da família, não é mesmo? Quem acompanha o blog, talvez já tenha percebido meu carinho pelos animais através dos post’s que já publiquei. Até já apresentei a Mel, minha Cocker, quando falei da adaptação do Direito diante da importância dos nossos pets (https://fernandapassini.wordpress.com/2011/12/07/nossos-animais-de-estimacao-e-o-direito/).

E hoje resolvi trazer pra vocês algumas dicas e orientações sobre os procedimentos e cuidados que devemos tomar quando viajamos e decidimos levar nosso bichinho junto. Não se esqueça também de consultar o veterinário de seu bichinho, verificando a conveniência da viagem e orientações veterinárias.

Viagens de carro:

– não deixe seu bichinho solto dentro do veículo, é mais seguro pra você e para seu pet, além de evitar a aplicação de multas de trânsito;

– transporte seu animalzinho em caixas específicas ou outros acessórios, tais como: cinto de segurança, guia, etc.

Viagens de avião:

– quem regulamenta o transporte de animais, é o Ministério da Agricultura. Visite o site e busque informações específicas para seu caso antes de comprar a passagem (http://www.agricultura.gov.br/portal/page/portal/Internet-MAPA/pagina-inicial/servicos-e-sistemas/servicos/transporte-animais-companhia)

-consulte, também, a companhia aérea sobre as regras e taxas de transporte, pois cada uma possui sua política própria;

– em geral, as empresas oferecem duas opções de transporte de animais: no porão ou na cabine da aeronave;

– o peso e o tamanho do animal são fatores que influenciam no local onde ele será embarcado e servem também de critério na cobrança das taxas;

– é necessário apresentar laudo, assinado por um veterinário, que ateste as condições físicas, bem como carteira de vacinação do animal devidamente atualizada;

– é preciso que o bichinho tenha pelo menos 3 meses de vida;

– dependendo do destino da viagem, é preciso preencher a GTA (Guia de Trânsito Animal);

– para as viagens internacionais, é exigido o (CZI) Certificado Zoosanitário Internacional, emitido gratuitamente pelo Ministério da Agricultura, nos aeroportos internacionais ou na sede do Ministério da Agricultura de cada Estado;

– nas viagens internacionais, verifique também as exigências dos países de destino. A União Européia, por exemplo, exige  microchip de identificação e teste de titulação de anticorpos da raiva em algum laboratório autorizado;

– você também deve ficar atento as exigências de prazo de validade dos atestados e laudos fornecidos, além do período de antecedência da aplicação de vacinas.

O vídeo abaixo também traz algumas dicas e  depoimento de uma proprietária que passou por essa experiência.

Já esclareceu algumas dúvidas? Pois é, então vai aqui mais uma indicação! Durante a pesquisa que realizei, achei um site muito legal e que pode ajudar bastante na hora de viajar com seu bichinho. Lá você encontra, inclusive, um espaço para realizar a pesquisa de hotéis que hospedam também seu animalzinho. Além disso, eles criaram um Manual do Pet Viajante, como tudo que você precisa saber. Ajuda até você até na hora de preparar a bagagem de seu bichinho de estimação. Segue: http://www.turismo4patas.com.br

Estas são algumas das dicas, mas quando você decidir viajar com seu bichinho, informe-se bem. Além destas informações, busque orientações mais específicas nos links indicados e converse com o veterinário.

Anúncios

Um pensamento sobre “Vai viajar? Quer levar seu bichinho de estimação com você?

  1. Pingback: Plano de Férias | fernandapassini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s