Voltando no tempo…

Hoje resolvi fazer um post diferente…Fugir um pouco do Direito e voltar um pouco no tempo….  Falar só de Direito, às vezes se torna cansativo e até um pouco chato, … Por isso, variar um pouco também é bom, não acham? Até porque estamos em pleno final de semana, né!

Aqui no escritório, criamos (eu, meu pai e minha irmã) um cantinho reservado que é um pequeno “Museu” nosso. Têm máquinas antigas, que meu pai usava no seu escritório e que eu sempre queria usar. Toda vez que meu pai deixava chegar perto e usar uma delas… nossa!!! Me achava super importante! Mas a máquina de escrever e o mimeógrafo, eram as que mais gostava de usar.

Mimeógrafo!? Sim, era a forma de reproduzir cópias do mesmo documento. O documento era redigido em um papel  (tipo carbono) chamado Matriz e era colocado álcool no mimeógrafo. O álcool em contato com a matriz reproduzia o documento em uma folha em branco. Quem não se lembra das provas da escola que vinham cheirando a álcool?

A prensa também era uma forma de reprodução de documentos. Usava uma folha de ofício redigida em uma máquina de escrever, porém usando uma fita copiativa. Meu pai usava para  transferir os registros da Contabilidade das empresas para um livro que possuía folhas bem fininhas. A folha datilografada com o uso da fita copiativa, em contato com tecidos úmidos, transferia o conteúdo para as páginas do livro através da pressão exercida pela prensa.

E as calculadoras…viram? Mas não me perguntem como funcionavam.  Exigiam força e raciocínio só pra operá-las. Girar a manivela pra frente, soma; pra trás, diminui; duas voltas multiplica,…. algo do tipo. Fácil né! Risos… Eu nunca achei, nem entendi!

Pois é… e foi olhando pra elas lá no escritório que voltei no tempo e recordei destas lembranças… Acho que já vinha daí, da minha infância,  esta vontade e prazer em  escrever, e confesso que usar essa máquina de escrever ,  se tornava um momento especial, único…  O blog já nascia aí, olhem só!!

Abraços a todos e um excelente final de semana!!

Anúncios

6 pensamentos sobre “Voltando no tempo…

  1. Que boa idéia, Fernanda. Voltei aos meus 18 anos revendo essas “ferramentas” pois utilizei quase todas. A prensa não. Bem, foi no século passado, né? Valeu a recordação. Abraço e bom final de semana!

  2. Adorei o post! Eu lembro que adorava ir ao escritório e patinar no piso de parquet, ver e usar as máquinas de escrever, me sentir a chefe e principalmente tomar uma coca cola de garrafinha que sempre tinha no refrigerador. Eu já chegava no escritório com uma sede….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s